Origem do nome Thikará

Em japonês, Thikará significa força, poder, energia e vigor. Segundo a crença oriental, o Koi, também chamado de carpa, tinha como meta chegar à fonte do Huang Ho (ou Rio Amarelo). A viagem ocorre no período de desovas das carpas que além de nadarem muito, tinham que vencer a força das cachoeiras para chegarem à montanha Jishinhan. Acredita-se, que as carpas que completam a longa viagem e passam pela cachoeira de Longman Falls, transformam-se em dragões.

Ao criarmos o sake Thikará, alcançamos o objetivo de produzir um sake de qualidade. O nosso símbolo demonstra a nossa força e busca pelo sabor, excelência e tradição.

Nosso sake é Kosher

Que é Kosher? A palavra hebraica casher (kosher) significa apropriado. Quando aplicado à comida, o termo indica que um item é apropriado para consumo, de acordo com a Lei Judaica e envolve todo o processo gastronômico, desde a triagem dos ingredientes e o cuidado no seu manuseio, higienização até o preparo dos alimentos. Hoje, a busca por produtos Kosher ultrapassa os interesses de um grupo étnico particular, incluindo judeus, muçulmanos, vegetarianos, pessoas com intolerância a lactose, entre outros. Estes milhões de consumidores procuram o símbolo Kosher para assegurar que suas necessidades serão satisfeitas e é uma honra para nós ter conquistado este selo que comprova a qualidade do nosso processo de fabricação.

Um brinde a Sua Jornada
A origem mitologica do Sake

Na mitologia oriental, conta-se que até o século 8, o arroz usado para fabricação do sake era mastigado por mulheres e depois cuspido em tinas de madeiras onde as enzimas da saliva transformavam o amido no açúcar necessário à fermentação. Este processo era restrito às mulheres virgens, porque acreditava-se que o sake provinha da mulher pura, a representante dos deuses na terra.